Entrevista com Rianne Zabaleta escritora de Meu Reflexo não é você

Entrevista com a fofa da ri, espero que gostem, eu adorei! Ela é tão fofa que da vontade de apertar. E o livro dela é tão maravilhoso. *-* Beijinhos da Jaii


1º- Nome: Rianne de Oliveira Zabaleta

2º- Quando você começou a se interessar pela escrita? Comecei a escrever muito cedo. Me lembro de um caderninho com capa do Mickey que meu pai comprou para mim, aquele seria meu caderno de escrever histórias. Eu devia ter 9 ou 10 anos...
No lançamento do Meu Reflexo expus um livro que escrevi muito nova, e as primeiras edições do MRNV.
3º - Quando você decidiu escrever o seu primeiro livro? Hahahaha Foi um dia no clube, deitada em uma espreguiçadeira. Não sei qual o motivo da inspiração, mas a vontade se concretizou. Na verdade, o plano não era escrever um livro, muito menos publicá-lo. O plano era só escrever uma história, por prazer, sem nenhum fim lucrativo! hahahah Eu tinha 13 ou 14 anos, não me lembro bem, mas com 14 ele já estava pronto e sendo lido por todas as minhas amigas.
4º - Por que você resolveu se tornar escritora? Eu não resolvi, foi uma construção na verdade. Ainda é uma construção. Além de escritora eu sou professora de Redação, ainda curso Psicologia, ou seja, serei Psicóloga e já fui modelo... Não sei ao certo se posso me dizer escritora, porque isso ainda não está pronto, acabado, eu vou sendo, fazendo. Seja em qualquer uma destas carreiras que citei, não sei se sou, estou sendo, tenho sido.
5º - Quando era criança qual era o seu sonho? Essa pergunta me fez lembrar de um episódio da minha vida muito engraçado. Certa vez, caminhava com minha mãe e meus irmãos e alguém, não me lembro quem, me perguntou o que eu queria fazer quando crescer. Respondi: quero fazer curso para ser famosa. Meus irmãos riram muito de mim e disseram que isso não existia. Realmente, não existe, mas hoje, lembrando dessa cena que tão espontaneamente veio a minha cabeça, acho que meu sonho é mesmo ser famosa. Hahahah Não importa em que área, em que profissão. Acredito que para mim "ser famosa" significa sucesso, reconhecimento, e eu quero isso.
6º - Quem te inspirou para escrever seu(s) livro(s)? A pergunta não seria "quem", mas o que. Porque, no meu caso, o que me inspirou foi a vida adolescente, que é algo que agora, mesmo passada essa fase, ainda me encanta.
7º - Você tem algum autor favorito? Quem? Não. Se bem me lembro, nunca li mais de um livro do mesmo autor, então não tenho como dizer que determinado autor é o meu favorito. É claro que me espelho no trabalho de outros autores, mas não poderia dizer que são meus autores favoritos.
8º - Você é fã de alguma série ou trilogia de livro? Não, pela razão da resposta de cima. Hahaha
9º - Você tem vontade de escrever outro livro? Já tem planos para ele? Sim! O segundo volume do Meu Reflexo já está pronto, inclusive no final do livro há cenas do volume seguinte. Mas, ainda não há previsão de publicação. Tenho em mente mais duas histórias, uma para o mesmo público, e que deve ser uma trilogia, e outra para um público mais adulto, beirando o drama.
10º - Muitos escritores dizem que as pessoas eram contra o seu trabalho acontece ou já aconteceu com você? Não... Pelo contrário, sempre tive muito incentivo, tanto da família quanto dos amigos. Acredito que a crítica que certos escritores sofrem deve-se ao fato de suas histórias serem polêmicas, falarem de tabus para a sociedade. No meu caso, não há muito do que se falar, é uma história inocente que mesmo abordando questões delicadas da fase da adolescência não extrapola os limites do bom senso.

11° - Porque escolheu o gênero? Ah, o romance... Difícil para uma garota de 14 anos escrever algo diferente de um romance, não é? Pouco provável que eu fuja deste gênero nos próximos lançamentos.

Querida equipe do Livros Amor e Música, muito obrigada pela oportunidade de estar falando um pouquinho do meu trabalho e muito obrigada pela visibilidade que não só vocês, mas todos os blogueiros literários, proporcionam aos autores que estão se lançando no mercado! O trabalho de vocês é muito importante!
Beijos enormes,
Rianne Zabaleta. :)