Contrapondo Filme&Livro: Jogos Vorazes


Sinopse da trilogia:


'JOGOS VORAZES': Numa nação chamada Panem, jovens de 12 a 18 anos são selecionados para lutar até a morte nos chamados Jogos vorazes. Katniss Everdeen se oferece para lutar no lugar da irmã, escolhida para o programa. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Até onde ela estará disposta a ir para ser vitoriosa? EM CHAMAS Depois de ganhar a brutal competição conhecida como Jogos vorazes, Katniss retorna ao seu distrito, torcendo por um futuro pacífico. Mas rumores sobre uma rebelião contra a Capital a colocam no centro de um novo conflito. A ESPERANÇA Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra.





  Jogos vorazes - 2012


    Achei uma das adaptações mais fies que já vi, também escrito pela própria autora em parceria com Billy Rai  roteirista de;  Volcano - A Fúria, de 1997 e Capitão Phillips, de 2013 , e Gary Ross Roteirista de; Lassie, de 1994 e O corajoso ratinho Despereaux, que também trabalha no filme como diretor. O filme também mostra que uma adaptação pode sim ser feita as riscas, com um cenário bem produzido, mixagem (original) e trilha sonora boas, além dos bem elaborados figurinos que traz um tom mais realista desta distopia.

    O filme traz um tom frio a historia pois as imagens são mais opacas e frias. A parte em que é um pouco cansativa é o confronto entre os tributos, a perspectiva que tive quando li o livro foi essa parte se desenvolver com mais flexibilidade e tensão, porem o filme trás somente um pouco disso, algumas subtramas ínfimas no livro são modificadas e a essência da intriga psicológica entre Peeta e Katnnis nem parece que existe, entretanto os personagens são bem construídos tanto no livro quanto na adaptação, como também a ambientação traz um fluxo de transformação do nosso imaginário para o  que é apresentado para nós nas telas, o enredo é fiel como já disse e transmite a ideia que o longa quer passar fazendo com que os leitores e os telespectadores se cativem pelo filme prova disso foi se faturamento de US$ 691.247.768 mundialmente.  




   Jogos vorazes: Em Chama - 2013

   
   Na minha opinião Em chamas não é tão fiel quanto ao primeiro longa-metragem, mas em contrapartida o filme é tão empolgante e fervoroso quanto o primeiro, os mesmos erros são apresentados aqui mudando só a ordem de como a aconteceu, no caso a parte em que Katnnis não esta na arena ou seja; a parte da trama onde o roteirista cria as conexões para futuras intrigas da historia são contadas até que o ápice da historia aconteça e a trama realmente role até chegar o final, que no caso aqui é parte da arena onde os tributos lutam. A intriga psicológica que também é enfatizada aqui agora entre Katnnis e Finnick Odair quase não são transmitidas.
    Ao decorrer do longa, as imagens passam por um tipo degradê, saindo de imagens frias até chegar em um tom mais quente, intenção pretensiosa da própria produção. Apesar do enredo ser um mero plagio de uma ideia passada no primeiro livro e filme, ele por se só consegui ser mais impactante e com um gostinho de quero mais, o que mostra algo evolutivo que busca enfatizar algo maior. Roteiro, figurino, Cenário e não podia deixar de dar aos novos personagens inseridos na historia, que na pele dos atores dão um show interpretação e também a nova arena, dá-lhes um grande parabéns, não podendo esquecer dos efeitos especiais que são de bons também. Um receita de sucesso que faturou US$ 864 912 963 mundialmente, dirigido por Francis Lawrence e o roteiro ficou por conta de Simon Beaufoy e Michael Arndt.






Jogos Vorazes: A esperança parte 1 - 2014

  
 Quem é leitor dos livros sabe que não podia esperar muita coisa da primeira parte de  A Esperança, onde Hollywood tenta lucrar de toda forma com reboots, remake e sequências. O embate na Arena é esquecido dessa vez, ( Se Hollywood quisesse poderia criar vários filmes em varias arenas, criatividade eles tem). O que traz um alivio emocional, pois se tornaria cansativo, mesmo assim sentimos falta de ação, emoção, sentindo compaixão em uma das ultimas senas .   
    Perceber-se uma  falta de empatia pelo distrito 13,já que se torna claustrofóbico o filme se passar todo embaixo da terra, fora claro os momentos de alívios onde partes do filme foca na capital e nos outros distritos, ainda achando que Hollywood poderia criar só um filme contando as duas partes do livro. Sentimos falta de muita coisa nesse filme não só de ação ou das arenas.
    A produção esta de parabéns o filme sim continua fiel ao livro, como eu foco aqui se tornou desinteressante pelo fato de não ter emoção no final, dirigido por Francis Lawrence e roteirizado por Danny Strong e Peter Craig a franquia abocanhou US$ 752.100.229 com essa primeira parte, o que prova que todos nós estamos morrendo de curiosidade de assistir Jogos vorazes: A esperança o final que sera lançado 18 de novembro de 2015 nos cinemas Brasileiros.