Resenha: Jurassic Park



Sinopse:


  Uma impressionante técnica de recuperação e clonagem de DNA de seres pré-históricos foi descoberta. Finalmente, uma das maiores fantasias da mente humana, algo que parecia impossível, tornou-se realidade. Agora, criaturas extintas há eras podem ser vistas de perto, para o fascínio e o encantamento do público. Até que algo sai do controle. Em Jurassic Park, escrito em 1990 por Michael Crichton, questões de bioética e a teoria do caos funcionam como pano de fundo para uma trama de aventura e luta pela sobrevivência. O livro inspirou o filme homônimo de 1993, dirigido por Steven Spielberg.

Minha opinião:


  O livro é uma obra prima da Ficção no meu ponto de vista e logo quando eu
soube que existia um livro de umas das minha franquias preferida do cinema, logo desembolsei alguns reais (atualmente estou achando muito caro os livros), então esperei uma obra exatamente pelo menos parecida, logo me vi enganado, mas esse papo é para a coluna contrapondo então prosseguiremos.
   A historia é muito muita mais vista do ponto da ciência do que da aventura, então logo os leitores terão que ter um pouco de paciência no inicio, chega a ser cansativo de tanta explicação em torno do tema: “Nao conseguiremos controlar esses animais”, mas para quem gosta é muito interessante. Os personagens são bem elaborados e as ações muito bem explicadas, a criação do cenário também é explicada corretamente.
   A tensão da aventura chega a ser querida em muitos momentos no livro, porem é deixada pra traz, para explicar algumas situações, o fim deixa algo em aberto. A edição que li é a mais nova com alguns extras publicados pela editora aleph. Uma boa diversão para quem gosta de ficção e aventura e do filme é claro.
http://livrosamoremusica.blogspot.com.br/p/hugo-souza.html