{Resenha} A cruz de Zeta

Ooi amores meus, tudo bem com vocês? Espero que sim...
Gente hoje é 29 de fevereiro, amo essa data. É bem diferente já que não tem todo ano e tudo mais, acho isso bem legal e por isso resolvi postar essa resenha. Eu recebi o livro A Cruz de Zeta em novembro, mas não tive como postar a resenha dele antes por ter outros na frente, então consegui postar hoje. Foi super legal eu escolher para ler esse livro nas férias, pois tinha uns amigos que estavam no Rio e com isso indiquei uns locais pra eles irem lá, por causa do livro. Espero que vocês gostem da resenha. Beijinhos

Título: A CRUZ DE ZETA
Autora: Fátima Venceslau
Selo: Ases da Literatura

Sinopse: Júlia, uma jovem de 17 anos, moradora da cidade do Rio de Janeiro, conhece um misterioso jovem chamado Marcos e apaixona-se por ele. O que ela nem imagina é que o rapaz é um alienígena. É do tipo nórdico: alto, loiro e de olhos azuis. Vive na Terra como um humano. Seu objetivo é cuidar de Júlia e protegê-la contra outro grupo de alienígenas: os reptilianos. Saulo é um tipo rebelde e irônico que gosta de se vestir no estilo gótico e, em princípio, persegue Júlia o tempo todo. Mas, por quê? O que ele quer com ela? Uma guerra pode começar a qualquer momento pela sobrevivência de duas espécies diferentes: os nórdicos e os reptilianos. E, para azar dos humanos, o planeta Terra será seu campo de batalha, pois ambos cobiçam seus recursos minerais e vegetais. Em meio a tudo isso, Júlia descobre que seu passado não é bem o que ela imagina, e agora não sabe mais o que esperar de seu futuro.
O que eu achei...:
Gente, que romance lindo e diferente, muuuito diferente. Júlia é uma menia comum, que estuda bastante e vai fazer uma viagem para descançar em Terezópolis. E lá ela reencontra um alienígena(sim você leu um alienígena sim) que ela já havia avistado 10 anos atrás. Durante este fim de semana de descanso ela vai percebendo algumas situações que a deixam intrigada. Num show durante o sábado ela é raptada por Saulo (um alienígena), mas é salva por outro alienígena chamado Marcos, que era de rival do grupo de Saulo.
A partir daí a história toda vai se desenrolando até que ocorre um final incrível e muito bom.
A autora vai contando a história de uma maneira muito legal, a leitura vai fluindo muito bem.
Um livro de leitura rápida e fácil. Gostei bastante desse romance beem diferente.